Uma coisa liga a outra

Olha só como são as coisas. O último texto que publiquei por aqui também foi publicado no Futepoca, um blog que admiro muito, assim como as três coisas que ele contêm: futebol, política e cachaça.

Um pouco antes do meu você encontra um texto sobre Roberto Ribeiro, ex-goleiro como Camus e que também trocou as luvas pelas letras. No seu caso, de samba. A publicação do Marcão me deu pretexto para vasculhar o Youtube e além de Roberto Ribeiro acabei cruzando com Antônio Candeia Filho e com este documentário de Leon_Hirszman sobre o samba de partido alto.

Se você gosta de samba, vale a pena assistir as três partes. Se não gosta, apesar de ser ruim da cabeça ou doente do pé, pode dar uma lida na história de Candeia e de seu Grêmio Recreativo de Arte Negra e Escola de Samba Quilombo.

Anúncios